segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Marte 500 simula expedição ao planeta Marte



Um grupo de seis astronautas da Europa, China e Rússia estão vivendo durante 520 dias em um módulo de 160 metros quadrados nos arredores de Moscou, simulando uma nave espacial. Dois deles saíram de lá pela primeira vez após oito meses de "viagem".

A Rússia está representada no Marte 500 por três voluntários: Alexei Sitev, chefe da expedição, o médico Suirob Kamolov e o investigador Alexander Smolievski. São acompanhados pelo francês Roman Charles, engenheiro de bordo, pelo italiano Diego Urbina e pelo chinês Wang Yue.

A viagem a Marte pode ser seguida através da Internet, em www.esa.int/SPECIALS/Mars500.




O objectivo da experiência consiste em testar os mecanismos de adaptação fisiológica e psicológica às condições de um voo autónomo de longa duração, as particularidades das relações entre os tripulantes e o centro de controlo, assim como o funcionamento de sistemas vitais e de investigação.

Cada um dos voluntários irá receber cerca de 80 mil euros pelos 520 dias de viagem.



A ESA, a Roskosmos (agência espacial russa) e a Nasa já delinearam separadamente algumas datas para voos tripulados reais a Marte, dentro de cerca de 30 anos.

Fonte: UOL e OJE

Sem comentários:

Addthis

Share |
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...