quinta-feira, 7 de julho de 2011

Agueiro o que é ?


Especialmente agora em época balnear há que ter alguns cuidados no mar!!

Quando decide ter um contacto com a água do mar, nem se apercebe que um perigo mortal o espreita silenciosamente, ele é quase invisível ao olhar, mas está lá à espera da próxima vítima que pode jamais chegar a casa nesse dia. Refiro-me aos Agueiros.

Um agueiro pode ceifar uma ou várias vidas em minutos, sabe-se de histórias em que tanto morreu a vítima como seu pretenso salvador, ainda que muitos sabiam bem nadar, mas nada puderam fazer contra tais correntes submersas.

Mas afinal o que é um AGUEIRO?

"A costa portuguesa é perigosa. Tem correntes muito fortes e forma agueiros. As pessoas são enroladas e lançadas para fora. A maioria dos banhistas entra em pânico e, em vez de se deixar levar pela corrente até terra, luta contra ela, acabando por perder a força e ser arrastado pelo mar".




Estes "agueiros" são conhecidos por "Rip Current" ou "corrente de retorno", perigosos fenómenos da costa Atlântica portuguesa que ceifam muitas vidas em cada época balnear e mesmo para além dela. São correntes de retorno que variam em tamanho, largura, profundidade, forma, velocidade e potência.
O que fazer se for "apanhado" por uma destas correntes submarinas?

NÃO RESISTIR - Aconselha-se os banhistas a não resistir ao agueiro. Deve-se tentar nadar em diagonal à direcção da corrente, de forma a ser arrastado lateralmente e não para o interior do mar.

É que norma geral, o agueiro leva a pessoa para longe da costa (inevitavelmente para fora de pé) e não para o FUNDO. Sem pânico aperceberemos dessa corrente que nos afasta da praia e que entre 5 a 50 metros para lá da rebentação, o agueiro vai diminuir de intensidade até se dissipar. Pode a pessoa aflita pedir socorro, enquanto vai boiando à superfície e acenando com os braços.

Esta informação pode salvar uma vida - a sua, a dos seus filhos ou entes queridos.

Se vai à praia este ano, consulte mais detalhes sobre este perigo, no site do Instituto de Socorros a Náufragos.

Sem comentários:

Addthis

Share |
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...