terça-feira, 1 de março de 2011

Drama na Libia situação de total catástrofe humanitária




A crise politica na Libia não dá sinais de abrandar e parece cada vez mais incontrolável, por isso voltamos a este tema aqui no nosso blog, já que os Olhos do Mundo estão postos na Libia: Os confrontos  estão  a obrigar cada vez mais pessoas a fugirem. A crise humanitária é evidente.

Calcula-se que 60 mil pessoas fugiram para a vizinha Tunísia.

A maioria delas são imigrantes egípcios, que tinham encontrado trabalho na Líbia. Estão revoltados contra o próprio governo que terá sido lento na organização da evacuação dos trabalhadores.

Dizem que têm sido alvo de ataques na Líbia desde a revolução no país de origem. Tripioli temia o efeito de contágio.

As autoridades tunisinas foram elogiadas pela Comissão Europeia por ter dado uma “resposta impressionante” à crise, e muitos refugiados agradecem à Tunísia o imediato acolhimento.

As autoridades esforçam-se para escoar o fluxo repentino de refugiados.

Alguns refugiados, esgotados pela tensão e o pânico para conseguir passar a fronteira, são levados pelos serviços de emergência para atendimento médico.

Para tentar controlar o fluxo, os passaportes são entregues num lado da fronteira e devolvidos no outro lado.

Alguns refugiados estão aqui há vários dias à espera de transporte para o Egito.

Muitos têm a sorte de chegar ao porto de Túnis “Zarzis, e tentar entrar num barco que os leve.

Há sempre grupos de refugiados em cólera por ficarem em terra, a dormir no edifício portuário há uma semana. Hoje partiram 750 num navio para o Egito. Mas o vai vem marítimo continua.

Veja os videos dos últimos acontecimentos:






Sem comentários:

Addthis

Share |
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...