quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Cães de laboratório sentem a relva e o sol pela primeira vez nas suas vidas após resgate



Uma história comovente e ao mesmo tempo triste trago hoje aqui no nosso "De olho no Mundo" para vos contar, 72 cães usados para testes laboratoriais de cosméticos,  viveram toda a sua vida fechados numa jaula. Agora, com a falência da empresa, foram libertados e viram a luz do sol pela primeira vez!

A empresa é espanhola, e  tal como muitas outras, usava os animais para se certificar que os seus produtos podiam ser comercializados. Tratados como meros objectos, os cães de raça beagle eram mantidos em jaulas individuais e identificados por números, tatuados na sua pele.

Felizmente para estes incriveis cachorros, a falência súbita da empresa permitu a uma sociedade de protecção dos animais resgatar os animais.

“Eles viviam em jaulas individuais, em grupos de 10 por cada sala sem nunca interagirem uns com os outros”, revela Gary Smith, o porta-voz do grupo de resgate.

O seu primeiro momento de liberdade foi registado em vídeo. Os cães, visivelmente receosos, estranham até a própria relva. ( confira o video aqui no nosso blog). O emocionante momento serviu também para garantir um lar aos animais, que serão entregues para adopção.

“Os beagles são cães de companhia muito dóceis. Mas esse é também o motivo pelo qual são ideais para os testes de laboratório”, explica Smith.

Custa a crer que estas coisas aconteçam no planeta maravilhoso em que vivemos! É hora de mudar de atitude!!
Fonte: Sábado.pt

Sem comentários:

Addthis

Share |
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...