quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Baixo consumo de sal aumenta risco de morte cardiovascular !!! Como assim?!







Mas não era para ser precisamente ao contrário ?! sempre ouvimos dizer que comer muito sal faz mal, que aumenta a tensão arterial e que pode provocar doenças cardiovasculares até irreversiveis!!! Mas será um mito!

 Novo estudo realizado revela que estamos errados. Um estudo recente publicado na revista JAMA, sugere que o baixo consumo de sal, além de não ter qualquer significado em relação à hipertensão, aumenta o risco de morte por doença cardiovascular. 

 A ideia do que o consumo de sal aumentaria a pressão arterial baseia-se em questões químicas e fisiológicas. Sabendo-se que o sal leva a uma retenção de água, isso levaria a um aumento transitório do volume sanguíneo e portanto a um aumento transitório da pressão arterial.

 O organismo vai corrigir esse aumento com a excreção de sódio na urina. No caso de um doente hipertenso, o organismo deverá aumentar ainda mais a pressão arterial para manter o nível de sódio satisfatório.

 Isto é a teoria que levou  a aconselhar à população em geral e aos hipertensos em particular a redução do consumo de sal. No entanto, falta demonstrar a existência de  uma ligação clínica entre o consumo de sal, a pressão arterial e o risco cardiovascular na população em geral. 

 Em Maio deste ano, a prestigiada revista de medicina JAMA (Journal of the American Medical Association) publicou um estudo que põe em questão um dos mitos mais tenazes da medicina: o consumo de sal aumenta a pressão arterial e o risco cardiovascular.








 Neste estudo, foram seguidas 3681 pessoas durante 8 anos, e foi medida a excreção urinária de sal. Foram assim constituídos 3 grupos:

 - Baixo consumo de sal (média de 107 mmol de sódio),
- Médio consumo de sal (média de 168 mmol de sódio),
- Elevado consumo de sal (média de 260 mmol de sódio).
 (De assinalar que a excreção de sal na urina não equivale obrigatoriamente ao consumo de sal.)
 Foram avaliados dois parâmetros: 

 1 - A existência de uma correlação entre o consumo de sal e a tensão arterial.

 No grupo de baixo consumo, verificou-se o aparecimento de uma hipertensão em 27% dos doentes, no grupo de médio consumo a hipertensão foi verificada em 26,6% e nos de elevado consumo em 25,4%. Conclusão: não existe qualquer relação entre o consumo de sal e o aparecimento de hipertensão arterial.

2 - A existência de uma correlação entre o consumo de sal e a mortalidade cardiovascular.Durante estes 8 anos, verificou-se o falecimento por doença cardiovascular de 84 doentes. No grupo de baixo consumo: 50 mortes, no de médio consumo: 24 mortes e no de elevado consumo: 10 mortes. 

 Conclusão: o risco de morte cardiovascular é 54% mais elevado nos que consomem pouco sal.

 Este estudo põe assim em questão a assumpção geralmente admitida pela classe médica: a existência de uma relação entre o consumo de sal e o aumento da pressão arterial ou de morte cardiovascular. Neste estudo, a morte cardiovascular até seria mais elevada nos que consomem pouco sal.

Sem comentários:

Addthis

Share |
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...