sexta-feira, 8 de abril de 2011

Terror numa escola do Rio de Janeiro ex-aluno mata 11 crianças




Uma verdadeiro terror foi o que viveram alunos, professores e funcionários de uma escola no Rio de Janeiro, um homem invadiu a Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, e, com duas armas, efetuou vários disparo aleatórios por onde passava. Doze pessoas morreram, entre elas dez meninas, um menino e o próprio atirador que acabou por se suicidar. Também se contaram 13 feridos, a maioria atingida no tórax e na cabeça.

Segundo um funcionário, o homem entrou em uma turma de 8.ª série, no primeiro andar, com cerca de 40 alunos em sala. Ele teria afirmado que faria uma palestra, mas daí sacou a arma e disparou contra as crianças. Quando percebeu que havia polícia no local, o atirador tentou fugir, trocou tiros com a PM, foi baleado na perna e acabou se matando.

O governo do Rio de Janeiro informou que havia aproximadamente 400 alunos na escola no momento do atentado. A escola tem 14 turmas no período da manhã, de 1ª à 8ª série. Os estudantes têm entre 9 e 14 anos.

A Presidente do Brasil, Dilma Rousseff, decretou luto de três dias de luto em memória das vítimas do massacre de quinta-feira, numa escola no Rio de Janeiro. De referir que este tipo de crime e acontecimento não é comum no Brasil por isso o choque ainda ser maior.

As autoridades já confirmaram a existência de uma carta deixada pelo atirador que matou 11 crianças na Escola Municipal Tasso da Silveira, no Rio de Janeiro. A carta estará agora a ser analisada pelas autoridades. A polícia chegou a atingir o atirador mas este acabou por se suicidar.













 
Fonte: Jornal do Povo e Jornal Digital

Sem comentários:

Addthis

Share |
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...